21º Festival NOIA divulga filmes selecionados para as Mostras Competitivas

Author

Categories

Share

A organização do  NOIA – Festival do Audiovisual Universitário divulga as produções selecionadas para a Mostra Cearense, Mostra Brasileira da sua 21ª edição. Pela primeira vez no evento, acontecerá a  Mostra Internacional.  O número recorde de inscrições totalizaram 1.271 curtas-metragens. O resultado está disponível em www.festivalnoia.com,br

 

MOSTRA COMPETITIVA NACIONAL

 

As Velas do Monte Castelo, Lanna Fernandes de Carvalho, 15’58’’, Ficção, Cor, UFC, CE

 

Através dos Sentidos, Gilson Nascimento, 14’15’’, Ficção, P&B e Cor, Estácio de Sá, RJ.

 

Cabocolino, João Marcelo Alves, 15’, Documentário, Cor, UFPE, PE

 

Cidade Sempre Nova, Jefferson Cabral, 24’, Experimental, Cor, UFRN, RN

 

Concha de Água Doce, Lau Azevedo e João Pires, 11’43’’, Ficção, Cor, PUC/RS, RS

 

Dois no Asfalto, Daniel Chagas, 11’08’’, Ficção, Cor, Faculdade CAL, RJ

 

Entre Muros, Gleison Mota, 15’ Ficção, Cor, Faculdade Nobre, BA

 

Espectro, Thiago Rosestolato e Raul Paiva Melo, 19’36’’, Ficção, Cor, UFF, RJ

 

Estática, Gabriela Queiroz, 12’27’’, Ficção, Cor, AIC, SP

 

Filhas de Criação, Aldemir Barros, 22’43’’, Documentário, P&B e Cor, UNEAL, AL

 

Fique na Luz, David Alves, 20’, Ficção, Cor, FAAP, SP

 

Fome, Felipe Fré, 17’21’’, Ficção, Cor, CEUNSP, SP

 

Irã, Iferrdo, 3’, Ficção, Cor, FCAD, SP

 

Íris, Sofia Travassos, 1’58’’, Animação, Cor, PUC/RJ, RJ

 

Madrugada, Leonardo da Rosa, 19’08’’, Ficção, Cor, UFPel, RS

 

Mise em Place, Pedro Rigamonti de Mello, 11’11’’, Animação, Cor, FAAP, SP

 

Parece que Foi Ontem, Silfarley Barbosa Lage e Bruno Heleno, 15’, ficção, Cor, UNA, MG

 

Quinze Primaveras, Leão Neto, 15’37’’, Documentário, Cor, Unifor, CE

 

Silêncio!, Samuel Andrade Barbosa, 16’17’’, Experimental, Cor, Unijorge, BA

 

Sonido, Gabriela Kaiser, 10’, Ficção, Cor, Univali, SC

 

MOSTRA COMPETITIVA CEARENSE

 

A Lenda do Seca Mão, Laura Cavaignac, 4’, Ficção, Cor, UFC, CE

 

A Velha Notícia, Victor Hugo, Experimental, Unifor, CE

 

Camurupim, Allan Mateus, 12’17’’, Ficção, Cor, Rede Cuca, CE

 

Mecanismo, Gabriel Lima, Isaac Morais e Maria Beatriz, 7’02’’, Experimental, P&B e Cor, Unifor, CE

 

Puba, Bruno Bressan, Esther Arruda, Isaac Branco e Leão Neto, 13’23’’, Documentário, Cor, Unifor, CE

 

Quero Ser Helena, Sunslly Marques, 10’22’’, ficção, Cor, UFC, CE

 

MOSTRA INTERNACIONAL

 

The Veredict, Dora Jung.13’50”, ficção, COR, Faculdade de Midia e Comunicação, SÉRVIA

 

Atilio, Manuel Eduardo Müller, ficção, COR, Facultad de Arquitectura, Diseño y Urbanismo, ARGENTINA

 

Lost, Zhiyuan Yang, 18’24”, ficção, Peking University, CHINA

 

In the Doorway, Victoire Bernadet e Estelle Courant, 04’20” animação, COR, ECV-École de Design, Animation, Game et Digital, FRANÇA

 

Zawal, Mujtaba Saeed, 08’, ficção, COR, Filmakademie Baden- Wüerttemberg, ALEMANHA E ARÁBIA SAUDITA

 

Dangong, Luthfi Satria Permadi, 24’30”, ficção, COR, ISBI Bandung, INDONÉSIA

 

El Asesino, Joaquin Gárcia, 07’05”, ficção, COR, Universidad del Trabajo del Uruguay, URUGUAI

 

The Pitman, Neda Neda Hajimirzaei, 09’56”, ficção, COR, Sem indicação de universidade. IRÃ

 

Qenawy, Marwan Tarek, 04’29”, documentário, COR, Universidade de Alexandria, EGITO

 

Run!, Galina Maslennikova, 11’08”, ficção, COR, ARKA Film School, RÚSSIA

 

Segundo os curadores Carol Vieira, Doug de Paula, André Persi e Arthur Gadelha, esta edição do NOIA destaca filmes que tratam de questões sociais, políticas e comportamentais que estão presentes em nosso dia-a-dia, como a precarização do trabalho, identidade, conflitos familiares, questões de saúde mental, cidade-memórias-corpo-invenção. A seleção dos filmes revelou uma maior presença de obras que reverberam a precarização do trabalho, dispersão e melancolia como reminiscências de um período pandêmico. Algumas obras são marcadas por representatividade de gêneros, etnias e preservação de culturas tradicionais, cujas histórias costumam ser invisibilizadas. O processo de curadoria se deu em amplo debate sobre registro universitário, perspectivando atos inventivos face a um cenário intimidador para a classe artística, cotidianamente confrontada ao autoritarismo político, à crise econômica e ao isolamento social.

 

O Festival NOIA vai acontecer em janeiro de 2023, no Museu da Imagem e do Som, em Fortaleza/CE e no YouTube do NOIA. A programação é composta por Mostra Brasileira de Cinema, Mostra Cearense de Cinema, Mostra Internacional de Cinema, Mostra Infantil, debates, oficinas, seminário, fórum, videomapping, shows e intervenções artísticas.

O NOIA é  realizado pela PROPONO Consultoria Cultural, em parceria com o Centro Cultural Dragão do Mar de Arte e Cultura, com Promoção da Fundação Demócrito Rocha, Grupo de Comunicação O Povo, Canal FDR e Canal Futura, incentivado pelo edital do Mecenas Ceará via LEI ESTADUAL DE INCENTIVO À CULTURA – LEI Nº 13.811, DE 16 DE AGOSTO DE 2006 da Secretaria da Cultura do Governo do Estado do Ceará.

 

 Serviço:

21º NOIA – Festival do Audiovisual Universitário

Janeiro de 2023, presencial no Museu da Imagem e do Som do Ceará (MIS) e online no  YouTube do Festival NOIA.

Toda a programação é gratuita.

Site: www.festivalnoia.com.br

 Instagram: @festivalnoia

Facebook: Festival Noia

Youtube: Festival Noia

Author

Share