Combate à dengue: escola de Luziânia, em Goiás, recebe pintura com tinta inseticida

Author

Categories

Share

Combate à dengue: escola de Luziânia, em Goiás, recebe pintura com tinta inseticida

Carbapaint 10 elimina o Aedes aegypti e outros insetos transmissores de doenças

                                Fotos: Divulgação

O surto de dengue que acomete o país, com mais de um milhão e trezentos mil de casos registrados em 2022, reforça a necessidade de prevenção, com o combate incansável ao Aedes aegypti. O Centro-Oeste do país concentra o maior número de casos, segundo dados do Ministério da Saúde. Nesse foco, ferramentas como a tinta inseticida Carbapaint 10, que elimina o mosquito quando ele pousa na superfície pintada, tem sido cada vez mais adotada por prefeituras e órgãos públicos.

Em agosto, foi a vez da escola CEMEB Joana D’Arc Maciel de Leles, localizada em Luziânia, Goiás, receber a pintura com a Carbapaint 10. De acordo com boletins epidemiológicos emitidos pela Secretaria de Saúde de Goiás, Luziânia é a quinta cidade em Goiás com mais casos notificados de dengue: são mais de 3 mil já confirmados.

A Carbapaint 10, tinta cuja tecnologia foi desenvolvida na Espanha pela cientista, premiada e reconhecida mundialmente, Dra. Maria Pilar Mateo Herrero, já é utilizada como uma ferramenta de combate aos insetos em mais de 100 países e, aprovada pela Anvisa, em várias cidades do Brasil.

Em sua fórmula patenteada, a tecnologia desenvolvida pela cientista incorpora ingredientes ativos de natureza diversa (produtos naturais, biocida, etc) em uma microcápsula polimérica que são liberadas de forma lenta e gradual após a aplicação na parede.

“Os resultados relatados têm sido excelentes. O produto combate, além do Aedes Aegypti, o borrachudo e os insetos causadores de doenças como malária, Doença de Chagas e leishmaniose, entre outras”, explica Luiz Rolim, CEO da Saúde Mais/ Inesfly Brasil, que comercializa a tinta no país, ressaltando que a empresa dispõe de testes e laudos do Brasil e de 10 países diferentes, além de testes via OMS (Organização Mundial da Saúde).

Onde mais está sendo usada a tinta inseticida?

A tecnologia já vem sendo utilizada em vários municípios e estados, em formato de projeto piloto, como em Jaboatão dos Guararapes e a Ilha de Fernando de Noronha, em Pernambuco. No Distrito Federal, em parceria com a secretaria de educação do GDF (Governo do Distrito Federal), DIVAL (Diretoria de Vigilância Ambiental e Saúde), PCDF (Polícia Civil do Distrito Federal), Exército Brasileiro DF SMU, segmentos da Administração Pública foram imunizadas, no mesmo formato de projeto piloto.

Podemos citar casas da PMB – Prefeitura Militar de Brasília, instituições públicas como o Centro de Ensino Fundamental 01 de Sobradinho, DASG – Divisão de Apoio e Serviços Gerais da Policia Civil do Distrito Federal e em outros estados como Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná.

Ainda em Jaboatão dos Guararapes (PE), dois prédios públicos foram escolhidos para a fase de testes no início de 2021: uma Unidade de Saúde da Família (USF) e uma escola da rede municipal. Logo nas primeiras horas em que o produto foi aplicado, o efeito foi constatado. No Rio de Janeiro, a pintura está sendo realizada em escolas municipais de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. E também no Município de Cajamar (SP).

A empresa está com outros projetos piloto em execução no estado de São Paulo, Goiás, Amazonas e Paraíba e Rio Grande do Sul. A ideia é colaborar, em nível nacional, com o controle desses vetores que transmitem enfermidades que causam a morte.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Author

Share