A FLUXO MILENAR traz na passarela do spfw coleção Afrofuturismo

Author

Categories

Share

                      A FLUXO MILENAR traz na passarela do spfw coleção Afrofuturismo

MILE LAB faz revolução periférica na passarela do SPFW | Kondzilla.com

                                   Foto Divulgação

“Abro meus braços pra voar, assim como a pipa que não se fecha nem pra subir. Olho pro céu que fica mais perto do que parece e dedico o meu sonho pra cada moleque que tentou sonhar, mas não tá aqui.”

A FLUXO MILENAR é uma coleção fundamentada no Afrofuturismo, criada para falar sobre a celebração da existência dos corpos pretos e marginalizados em um futuro onde a periferia tem suas raízes culturais valorizadas e respeitadas.

Decidimos apresentar a coleção que celebra nossa existência em partes, sendo a primeira uma construção que evidencia, na prática, o povo preto periférico transformando as angústias e dores que uma sociedade institucionalizada no racismo promove, em arte pura e significativa.

O primeiro elemento desta coleção é a pipa, que decora os céus periféricos e dificilmente faz presença em regiões centrais, sendo assim parte da cultura e estética das quebradas desde seu surgimento. Papéis de seda, varetas de bambu, rabiolas de saco plástico, linhas de algodão e demais acessórios são materiais que não só representam o desenvolvimento de diversas crianças em criar suas próprias pipas mas também ferramentas que às permite olhar para o alto e mesmo com os pés no barro, chegar mais perto do céu.

O funk é a ferramenta que devolve a autoestima para o nosso povo. Ele é o grito latente de sonhos que nascem nas ruas. É através dessa batida que a periferia encontra força para expressar em movimentos a realidade do cotidiano dentro de becos e vielas de uma favela. O funk é a trilha sonora da favela do futuro, é o ritmo do Fluxo Milenar.

Author

Share