Abandono de animais de estimação aumenta no período das festividades de final de ano

Author

Categories

Share

Abandono de animais de estimação aumenta no período das festividades de final de ano

Foto: Divulgação

Nessa época do ano, tempo de festas e férias, muitos animais são abandonados por suas famílias. Dois fatores contribuem para o aumento desses casos neste período: o primeiro são os fogos de artifício, os animais se assustam e fogem de suas casas, e a segunda causa são as viagens dos tutores, a família não se planeja e acaba decidindo por abandonar seus animais de estimação.

Dezembro é considerado o mês de maior índice de casos de maus tratos e abandono, por isso é o mês escolhido para a campanha que tem como objetivo conscientizar a população sobre a guarda responsável de animais e chamar a atenção para o problema de cães e gatos abandonados em praças, parques, avenidas, ruas, bairros e estradas.

Segundo a médica veterinária Roseane Sales da Mundo Pet, os principais impactos do abandono de animais para a sociedade são a transmissão de doenças zoonóticas, ou seja, que passam do animal para o homem e vice-versa, e os acidentes de trânsito. “Os animais abandonados que estão doentes precisam ser resgatados, tratados e curados, assim, o bichinho é salvo e o ser humano fica livre do risco de ser infectado. Acidentes de trânsito também fazem parte dessa triste realidade, quando o tutor decide por abandonar ele inicia um ciclo de situações que prejudicam o meio ambiente e os seus habitantes”, indaga.

A veterinária reforça que a decisão por adotar um animal de estimação deve ser feita com calma, muitos pais presenteiam seus filhos com um pet no dia das crianças e meses depois estão arrependidos. “Ao adotar um animal a pessoa tem que ter ciência que está levando para casa uma vida e não um bicho de pelúcia. Pesquise as necessidades específicas da raça que pretende levar para casa, e se a sua rotina comporta, essa medida simples evita frustrações e principalmente os maus tratos e o abandono”, finaliza.

*Sobre a Mundo Pet*
Atuando nos estados do Ceará, Bahia, Pernambuco, Pará e Paraíba, a Mundo Pet hoje conta com dez lojas espalhadas pelo nordeste brasileiro oferecendo serviços como Estética e Clínica Veterinária, além de produtos como alimentos, petiscos, medicamentos, acessórios, brinquedos ou casinhas/aquários/viveiros.

Author

Share