AD2M é parceria no projeto de pesquisa sobre perfil racial da imprensa brasileira

Author

Categories

Share

    AD2M é parceria no projeto de pesquisa sobre perfil racial da imprensa brasileira

Foto: Divulgação

A AD2M Comunicação foi a empresa de comunicação escolhida no Ceará para ser parceira no projeto “Perfil Racial da Imprensa Brasileira”. A iniciativa tem o objetivo de contribuir para a implementação de políticas afirmativas de diversidade e inclusão nas redações do País. A pesquisa pode ser respondida por jornalistas até o próximo dia 30 de setembro.

Por meio de suas redes sociais, site e contato com os profissionais cearenses, a AD2M Comunicação está atuando na divulgação e no engajamento dos jornalistas no projeto. “É uma causa importante, que veio para mensurar o perfil racial dos profissionais que atuam no nosso país e os impactos dessa realidade. Ficamos felizes em participar dessa iniciativa”, comenta a diretora da AD2M Comunicação, Djane Nogueira.

O estudo está sendo liderado pela tradicional newsletter Jornalistas&Cia e seu braço online, o Portal dos Jornalistas, em parceria com o Instituto Corda – Rede de Projetos e Pesquisas e do I”Max, com apoio de ABI, Ajor, Aner, ANJ, Jeduca, Projor, Rede Jornalistas Pretos e Universidade Zumbi dos Palmares.

A pesquisa pode ser conferida no site: perfilracial.portaldosjornalistas.com.br/pesquisa

Sobre o projeto

Qual o perfil racial da Imprensa Brasileira? Somos de fato uma imprensa majoritariamente branca? Dirigida por brancos? Em que proporção? Quantos são os jornalistas negros e de outras raças e etnias que atuam nas centenas de redações do País? Onde eles estão localizados geograficamente? Como se situam na hierarquia das redações? Qual o impacto desse perfil na produção jornalística nacional?

Essas são algumas das questões que o estudo Perfil Racial da Imprensa Brasileira está propondo responder a partir da realização de um recenseamento racial nas redações brasileiras, abrangendo os 61 mil jornalistas em atividade nas cinco regiões do País. Ele é dirigido à totalidade dos jornalistas que atuam hoje no jornalismo brasileiro, pois só a partir de uma participação massiva é que se poderá aferir o atual grau de diversidade presente na imprensa brasileira, sendo uma informação valiosa para o planejamento de ações afirmativas na direção de maior diversidade e inclusão racial no jornalismo.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

quatro × dois =

Author

Share