Andrea Jabor ministra no Porto Iracema a oficina “Composição e Improvisação para criação cênica e sua relação com a primeira infância”   

Author

Categories

Share

A atividade acontece nos dias 18 e 19 de agosto. As inscrições são gratuitas e estão abertas.

Investigar (pelo corpo e o movimento) o brincar como ferramenta de composição e improvisação para a criação cênica. Esta é a proposta da oficina “Composição e Improvisação para criação cênica e sua relação com a primeira infância”, que será realizada nos dias 18 e 19 de agosto, das 9h30 às 13h, no Porto Iracema das Artes. Com inscrições gratuitas, a atividade será conduzida pela atriz e bailarina Andrea Jabor. Voltada para artistas, bailarinos, estudantes de artes cênicas e intérpretes criadores interessados em projetos de criação cênica com foco na primeira infância, a oficina tem vagas limitadas.

Inspirada pela mestra da cultura da infância Lydia Hortélio, Andrea Jabor apoiou-se nos seus ensinamentos sobre a importância do brincar. “Partindo da técnica do contato-improvisação, uma técnica de movimento que traz para a consciência a percepção do peso, vamos pensar uma dança onde o sentido se organiza a partir das relações que se estabelecem pelo toque, a percepção do peso e o ritmo”. Na infância, exploramos experiências com nosso peso como balançar, pular, cair, rolar, empurrar, escorregar. É preciso mergulhar na sensação do movimento. Tal qual uma criança, com entrega, que não teme seu peso, e se deixa cair, rodar, girar, saltar, rolar, deslizar. Quando entramos na experiência da sensação do corpo em movimento, é possível sentir e perceber uma energia de presença e afirmação de vida que nos ensina sobre os sentidos do mover e sobre como é possível utilizar a energia do brincar na improvisação e composição para a criação cênica”, explica Andrea Jabor.

A oficina integra o projeto “A Rainha”, selecionado no edital Petrobras Cultural para Crianças, para circulação de “A RAINHA – Experiências extraordinárias para a primeira infância”, direcionado para crianças. O espetáculo tem direção, concepção, criação e interpretação de Andrea Jabor, e codireção, figurinos e ambientação cênica de Flavio Souza. Para realizar uma circulação por sete cidades de três regiões do Brasil, o projeto recebeu o patrocínio da Petrobras que, por meio do incentivo a diversos projetos, busca colocar em prática a crença de que a cultura é uma importante energia que transforma a sociedade. A companhia acredita que, com criatividade e inspiração, promove-se crescimento e mudanças. Em Fortaleza a temporada de apresentações será no Teatro Dragão do Mar nos dias 19 às 15h (para escolas), 20 e 21 de agosto às 16h e 17h30 (para o público em geral), com ingressos gratuitos.

Andrea Jabor possui formação abrangente em dança, teatro e em música. Carioca de nascimento, a sobrinha do saudoso Arnaldo Jabor, por ser filha de diplomata, viveu em diversos países e formou-se em dança contemporânea e coreografia nos anos 90 em Amsterdam (Holanda), com especialização em dança pelo “Laban Centre”, em Londres. Tem pós-graduação em Estudos Avançados em Dança e é mestranda no PPGAC da UNIRIO. Em 1999, após 10 anos fora do Brasil, se estabeleceu no Rio de Janeiro onde fundou a Cia Arquitetura do Movimento. São mais de 12 espetáculos no repertório, com diversos prêmios e patrocínios, entre eles, o Prêmio Funarte Petrobras Klauss Vianna (2013), que possibilitou a realização do espetáculo “A Rainha e o Lugar” e, o mais recente, o edital Petrobras Cultural para Crianças (2020), para circulação de “A RAINHA – Experiências extraordinárias para a primeira infância” por sete cidades de três regiões do Brasil.

O Programa Petrobras Cultural apoia a cultura brasileira como força transformadora e impulsionadora deste desenvolvimento, nas áreas de artes cênicas, música, audiovisual e múltiplas expressões. A seleção dos projetos que compõem a carteira se dá preferencialmente por chamadas de projetos, periodicamente disponibilizadas no site. Outra possibilidade é a escolha direta de projetos especiais. “Queremos contribuir para resgatar a arte que está em todos os cantos. Mas queremos elevá-la mais uma vez. E levá-la para o centro das atenções, para experiências em que possam ser plenamente vividas”, diz o comunicado da Petrobras.

SERVIÇO

Oficina “Composição e Improvisação para criação cênica e sua relação com a primeira infância” – Com Andrea Jabor. Dias 18 e 19 (quinta e sexta-feira), das 9h30 às 13h, no Porto Iracema das Artes (Rua Dragão do Mar, 160 – Praia de Iracema, Fortaleza/CE). Atividade gratuita com vagas limitadas. Ficha de inscrição para seleção: https://forms.gle/FsvUrfyoS6PX39i77. Informações: (85)99690-7906.

“A Rainha – Experiências extraordinárias para a primeira infância” – Espetáculo com classificação LIVRE. Dia 19 de agosto (sexta-feira), às 15 horas (exclusiva para escolas). Dias 20 e 21 de agosto (sábado e domingo), às 16h e 17h30 (para o público em geral). Local: Teatro Dragão do Mar (Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema, Fortaleza/CE). Duração: 45 minutos. Ingressos gratuitos (no Sympla um dia antes do espetáculo e na bilheteria física uma hora antes da sessão). O link do Sympla poderá ser acessado pela bio do Instagram https://www.instagram.com/arainha_andreajabor/ ou pelo site https://andreajabor.com/a-rainha/. Informações: (85)3488-8617 (Bilheteria do teatro).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Author

Share