Cantora Daíra faz show dia 13 de novembro no Theatro José de Alencar

Author

Categories

Share

                   Cantora Daíra faz show dia 13 de novembro no Theatro José de Alencar

FOTO DIVULGAÇÃO

Além de músicas de sua autoria, a artista de Niterói (RJ) interpreta canções de Belchior. A apresentação traz como convidada especial a cantora, compositora e atriz Juliana Linhares

 

Pachamama (Álbum Samsara):

https://www.youtube.com/watch?v=4sp0n_nUJ2Y

Álbum Samsara no Spotfy:

https://open.spotify.com/album/2E8JKF6NgG0BvpZu18haMg

 

Com três álbuns lançados e uma turnê pelo Brasil, a cantora Daíra embarca em mais um giro pelo Nordeste e chega a Fortaleza para apresentar “Daíra no Theatro José de Alencar”, no dia 13 de novembro, às 19 horas, em única apresentação. Com 23 anos de carreira como cantora, iniciada aos 10 anos de idade, Daíra é também compositora e atriz.  Neste show, além de músicas de sua autoria, a artista interpreta alguns clássicos de Belchior, que marcaram seu segundo álbum, e recebe a cantora, compositora e atriz potiguar Juliana Linhares como convidada especial. Os ingressos estão disponíveis na plataforma do Sympla e na bilheteria do TJA.

Com a produção do Teatro da Boca Rica, Daíra apresenta “Samsara” e “Pachamama” (do álbum Samsara), “Atravessei o mar e o travesseiro”, “Deixe” e “Canta Coração”, todas de sua autoria; além de “Alucinação”, “Coração Selvagem” e “Divina Comédia Humana”, entre outras de Belchior, presentes no seu segundo disco, “Amar e Mudar as Coisas” (2017), que levou a carreira da cantora para outro patamar. O show conta ainda com músicas do repertório da cantora e compositora potiguar Juliana Linhares, que lançou seu aclamado álbum de estreia “Nordeste Ficção” em 2021.

 

Nascida em Niterói (RJ), Daíra começou sua carreira ainda criança, cantando no programa semanal Gente Inocente (Globo), tendo conquistado o primeiro lugar em sua primeira aparição em rede nacional. Aos 21 anos, em 2011, foi considerada atriz revelação como protagonista do espetáculo “Baby, o Musical”, aclamada pela crítica e pelo público.

 

Daíra tem no seu repertório homenagens aos grandes compositores da música brasileira. A cantora participou da abertura do show Grande Encontro, em Salvador, e construiu parcerias com grandes artistas, entre eles Zeca Baleiro. Já cantou ao lado de nomes como Danilo Caymmi, Arthur Verocai, Roberto Menescal, Eliane Elias (Nova York) Brian Blade (Miles Davis), Luiz Alves, Rafael Barata, Lula Galvão, Paulo Russo, Durval Pereira, Julia Vargas, Letícia Novaes (Letrux), banda El Efecto, Chico Chico, grupo Azymuth, entre outros.  Seu alcance e reconhecimento tem se confirmado nos crescentes números em suas redes sociais. A cantora e compositora já alcançou mais de 22 mil inscritos no Youtube, 23 mil seguidores no Facebook, 22 mil no Instagram e 1.500.000 plays no Spotify.

 

Convidada especial

 

 

No palco do Theatro José de Alencar com Daíra, Juliana Linhares apresenta suas próprias composições ao público e canta os clássicos da música nordestina, canções de Rita Lee, Cazuza, além de fazer releituras de Belchior. A artista potiguar, que já fez parcerias com outros nomes da música brasileira, como Chico César, Zeca Baleiro, Khrystal, Moyseis Marques, Posada, Mestrinho, Jéssica Caitan e Letrux, lançou em março de 2021 seu álbum de estreia. Intitulado Nordeste Ficção, o trabalho tem direção artística de Marcus Preto e produção musical de Elísio Freitas foi aclamado pela crítica especializada. Juliana Linhares também é a voz à frente da banda Pietá desde 2012 e integrante do grupo Iara Ira, junto com as cantoras Júlia Vargas e Duda Brack.

 

Nas artes cênicas, Juliana Linhares já trabalhou com João Falcão em A Ópera do Malandro e Gabriela, esteve ao lado de Angel Vianna no espetáculo O Tempo Não Dá Tempo, dirigido por Duda Maia, foi diretora assistente em Vamos Comprar um Poeta, é alternante da atriz Laila Garin no musical A Hora da Estrela e atua ainda em Contos Partidos de Amor.

 

Discografia de Daíra

 

Em 2014 Daíra lançou “Flor”, seu primeiro disco, que no ano seguinte foi selecionado no Prêmio da Música Brasileira. Com músicas de novos compositores e sucessos de Danilo Caymmi e Paulo César Pinheiro, o álbum tem arranjos e participações de Roberto Menescal e Paulo Russo. O show de estreia foi no Teatro Municipal de Niterói.

 

No segundo trabalho, “Amar e Mudar as Coisas”, revive a obra do cantor e compositor Belchior. O disco foi gravado em 2016, com voz e violão ao vivo, sem edição, trazendo organicidade ao trabalho, evidenciando as releituras viscerais de Daíra. O disco contou com as participações de Alex Merlino (bateria), Augusto Fere (guitarra), Ismale (acordeon), Miguel Dias (contrabaixo), Pedro Fonseca (teclados), além do violão exuberante de Rodrigo Garcia. O homenageado neste trabalho morre no meio do processo de lançamento do disco, em 2017, com estreia no Teatro Rival, no Rio de Janeiro.

 

“Samsara”, seu terceiro disco, foi lançado em 2021, tendo como madrinha a cantora Elba Ramalho, com quem cantou no Especial do Ceará Natal de Luz, em Fortaleza (CE). O álbum está disponível nas principais plataformas digitais.

 

Redes Sociais de Daíra

https://www.youtube.com/c/Da%C3%ADraOficial

https://www.facebook.com/DairaOficial/

https://www.instagram.com/daira_imperatriz/

https://open.spotify.com/artist/3ar2aVkdnUx3nDRAhYw3JW?si=tnzIw1TRTkeOdOPFZ5Lhxw

 

SERVIÇO:

Show “Daíra no Theatro José de Alencar” – Dia 13 de novembro, às 19h, no TJA: Praça José de Alencar, s/n – Centro, Fortaleza/CE. Ingressos: 1o. lote no Sympla: R$ 40 inteira/ R$ 20 meia (100 primeiros ingressos) e R$ 50 inteira / R$ 25 meia (demais ingressos no Sympla). Na bilheteria do TJA: R$ 60 inteira / R$ 30 meia.

Sympla: https://bit.ly/3fsz9NL

Informações: (85) 98758-1374

 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Author

Share