Cerveja Bohemia valoriza as tradições e propõe um presente em forma de flor a Iemanjá

Author

Categories

Share

Há 97 anos, baianos e turistas, devotos ou simpatizantes da Rainha das Águas, lotam o bairro do Rio Vermelho para agradecer ou fazer pedidos a Iemanjá. Ciente desse rico legado de fé, a cerveja Bohemia, que assina as principais festas seculares da capital baiana em 2020 como as Lavagens do Bonfim e Itapuã e as celebrações a Iemanjá, em parceria com a Miranda Estúdio, propõem neste ano um agrado diferente para a senhora dos oceanos: “Só flores ao mar”.
A ação, montada em três pontos do Rio Vermelho (Largo de Santana, rua Guedes Cabral, rua João Gomes e praça Colombo), motiva a troca do presente manufaturado por um agrado biodegradável como uma flor, que combina exatamente com a luta das religiões afro-brasileiras, de pescadores, marisqueiras e quilombolas para manter prática religiosa e ofícios articulados à preservação do seu patrimônio ambiental.
“Além da flor, quem aceitar voluntariamente a troca, ganhará também uma lata gelada de Bohemia e um copo ecológico personalizado, feito com plástico reciclado”, completa Harry Racz, gerente regional de marketing da Ambev.
Ainda segundo Harry, nenhuma outra cerveja une tradição e história como Bohemia. E os festejos a Iemanjá e as Lavagens do Bonfim e Itapuã unem tradição e história. “ Por isso, resolvemos unir as duas e potencializar esse brinde que faz uma homenagem à tradição baiana”, disse.
Guardiã de tradições, criada no período imperial brasileiro e dona da primeira cervejaria do Brasil, a Bohemia faz sucesso no copo dos brasileiros. Ela mantém as tradições, e extrapola a leveza do paladar para todos os sentidos no momento de degustação da cerveja, por ser a única puro malte que é Bohemia.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Author

Share