Cidade de Santos e Espanha: como o futebol e a imigração ligam a história dos dois locais

Author

Categories

Share

 

Cidade de Santos e Espanha: como o futebol e a imigração ligam a história dos dois locais

Seja com imigrantes e descendentes, seja no futebol local, ou em LaLiga Santander, a cidade do litoral paulista possui laços estreitos com o país ibérico

Fotos: Divulgação

A histórica cidade de Santos, uma das mais antigas do Brasil (sendo fundada antes da capital de seu estado, São Paulo, por exemplo), foi a porta da migração de várias nações ao Brasil no final do Século 19, com o desenvolvimento explosivo do setor cafeeiro no país. E, entre esses povos que buscavam “fazer a América” em terras brasileiras, estavam os espanhóis, que foram para várias cidades do país, como São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba e as regiões oeste do estado de São Paulo e os estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul. Já outros, resolveram ficar em Santos.

O auge do período de fluxo migratório de espanhóis para Santos foi entre a década de 1880 e a década de 1920. O volume de espanhóis e descendentes na cidade do litoral paulista era tão grande na época, que Santos ganhou a alcunha de “Barcelona Brasileira”. E este número é alto até hoje. O grupo formado por espanhóis e descendentes é o segundo maior entre os imigrantes da cidade, atrás apenas de Portugal, segundo Ana Lúcia Duarte Lanna em seu livro “Uma cidade na transição: Santos (1870-1913)”.

Junto com os espanhóis, outra coisa também veio da Europa para o Brasil naquele fim de século 19: o futebol. E Santos tem em um de seus clubes as cores e a herança do país europeu. Fundado em novembro de 1914, o Jabaquara Atlético Clube completa 107 anos neste mês. Mas foi fundado como Hespanha Foot Ball Club, por ter sido fundado por um grupo de vendedores de jornais espanhóis, que eram conhecidos como “tribuneros”, que se encontravam no bairro santista do Jabaquara.

Sede da Federação Paulista de Futebol, em São Paulo: Jabaquara (dono do segundo símbolo na parte inferior), foi um dos fundadores da FPF (Foto: Luan Araujo)

O Hespanha foi um membro habitual do Campeonato Paulista em seus primeiros anos e tem como campanha mais marcante um vice-campeonato em 1927. Com o advento do profissionalismo no Brasil, no início da década de 1930, a necessidade de se formar uma federação de futebol unificada do estado e o Hespanha acabou sendo um dos fundadores da atual Federação Paulista de Futebol (FPF), em 1941. No ano seguinte, porém, por lei governamental, o clube teve que mudar de nome, para o atual, Jabaquara Atlético Clube.

Com este nome, em 1945, um dos maiores goleiros brasileiros de todos os tempos surgiu no Estádio Hespanha: Gylmar dos Santos Neves, que se tornaria bicampeão mundial com a Seleção Brasileira em 1958 e 1962, uma lenda no Corinthians e depois voltaria para a cidade para fazer parte do histórico time do Santos FC, onde brilhava o Rei Pelé.

A última participação do Jabuca na primeira divisão do Campeonato Paulista foi em 1963 e atualmente o clube disputa a Série B do campeonato estadual. Perto dali, na Vila Belmiro onde Pelé brilhou, saíram alguns brasileiros que fizeram o caminho inverso dos fundadores do Jabaquara, que brilharam e ainda brilham em LaLiga Santander.

O caminho inverso


O Santos FC é o clube mais famoso da cidade e, recentemente, alguns de seus ídolos tiveram participações importantes em LaLiga. Conhecido como “Messias” pela torcida santista, Giovanni desembarcou no FC Barcelona no verão de 1996 junto com outro brasileiro: Ronaldo Nazário. E os dois brilharam intensamente na temporada 1996-97, onde formaram uma dupla implacável e conquistaram juntos os títulos da Copa del Rey e da Supercopa Europeia. Sem Ronaldo, Giovanni ainda conquistaria dois títulos de LaLiga Santander com o Barça, em 1997-98 e 1998-99, na companhia de outro brasileiro de muito talento, o meia Rivaldo.

A geração dos “Meninos da Vila”, campeã brasileira em 2002 e 2004 pelo Santos, apresentou à LaLiga Santander outros dois jogadores de muito destaque: Robinho, atacante bicampeão de LaLiga com o Real Madrid em 2006-07 e 2007-08 e Renato, volante que se tornou uma verdadeira lenda no Sevilla FC, onde conquistou dois títulos da Copa da UEFA, duas Copas del Rey, uma UEFA Supercup e uma Supercopa da Espanha.

A partir do verão de 2013, outra lenda fez o caminho Santos – Espanha: Neymar Jr. O craque veio do Brasil para o FC Barcelona já com o status de um dos maiores jogadores do mundo e não decepcionou: junto de Messi e Suárez, Neymar formou um dos maiores ataques da história do futebol e empilhou conquistas, incluindo um bicampeonato de LaLiga Santander e um título da Champions League. Gols e dribles (quando não, os dois juntos, como no gol antológico contra o Villarreal CF em 2015/16) de Neymar deixaram os espectadores do Camp Nou de boca aberta.

Recentemente, outro Menino da Vila chegou à LaLiga Santander e, apesar de muito jovem, já faz barulho. Nascido no início deste novo milênio, Rodrygo fez suas malas de Santos para o Real Madrid com 18 anos e já em sua primeira temporada conquistou o título de LaLiga Santander. Junto de outro brasileiro, Vinícius, Rodrygo representa a força jovem que os Blancos querem apresentar nos próximos anos.

Existente há quase dois séculos, a relação entre a Espanha e a cidade de Santos segue vivíssima. E agora, com a bola entre seus elementos.

Não é só Futebol. É LaLiga.

#PlayLaLigaSantander

Assessoria de Comunicação:

Weber Shandwick – [email protected]

Sobre a LaLiga

LaLiga é uma organização global, inovadora e socialmente responsável, líder no setor de lazer e entretenimento. É uma associação desportiva privada composta por 20 equipes da LaLiga Santander e 22 da LaLiga SmartBank, responsáveis ​​pela organização destas competições nacionais de futebol profissional. Na temporada 2019/2020, a LaLiga alcançou mais de 2,8 bilhões de pessoas em todo o mundo. Com sede em Madrid (Espanha), está presente em 55 países através de 11 escritórios e 46 delegados. A associação realiza sua ação social por meio de sua Fundação e é a primeira liga de futebol profissional do mundo com uma liga para jogadores de futebol com deficiência intelectual: LaLiga Genuine Santander

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

três × 4 =

Author

Share