ESTÉTICA E BEM ESTAR Emagrecimento facial sem cirurgias é o queridinho da harmonização estética para o fim do ano  

Author

Categories

Share

                                      ESTÉTICA E BEM ESTAR

Emagrecimento facial sem cirurgias é o queridinho da harmonização estética para o fim do ano

A retomada das atividades físicas, dieta equilibrada e treinos mais intensos foram atitudes imediatas para quem saiu da quarentena e preza pela estética. Mas a (re)aderência aos novos e/ou antigos hábitos saudáveis poderão não ser suficientes para quem quer deixar no ano de 2020 aquele rosto “mais cheinho”.

Para os interessados, temos boas notícias: a evolução em tratamentos da estética avançada ou mais precisamente de harmonização facial deixa esta realidade com os dias contados.

De acordo com a Biomédica Esteta, especialista e pós-graduada em Estética Avançada, Dra Bianca Ferrão (foto), o rosto mais “redondinho” é graças a má distribuição do volume da gordura superficial na face, que pode ter sido adquirido através do ganho de peso corporal, envelhecimento com deslocamento de alguns coxins de gordura ou até mesmo predisposição genética.

CONSULTA

“Para cada caso existe um procedimento mais adequado, entre as técnicas mais usadas na harmonização, além da atual novidade de emagrecimento facial, estão o uso dos fios de sustentação de PDO – que vieram para confrontar o lifting cirúrgico tão em voga na década de 80 – e outros materiais injetáveis como Hidroxiapatita de Cálcio (Radiesse), Ácido poli-L-lático (Sculptra), além do clássico Ácido Hialurônico, para técnicas de Preenchimento e inovações, como MD CODES”, explica a especialista.

Foto: Biomédica Esteta, especialista e pós-graduada em Estética Avançada, Dra Bianca Ferrão

ENTENDA

Ainda de acordo com Bianca Ferrão, o conceito de “Emagrecer a face primeiro, para preencher depois” é o mais indicado neste momento. Mas o rosto “cheinho” pode ser harmonizado? Segundo a especialista pode sim.

“Há um tempo precisávamos lançar mão de muito preenchimento para harmonizar este tipo de face. Uma vez que as proporções faciais estariam desajustadas e precisaria de mais volume/produto para corrigir. Até estratégias para flacidez, como Bioestimuladores ou Fios de Sustentação poderiam precisar de uma quantidade maior que o tradicional.

Hoje, graças a técnica de Emagrecimento Facial, conseguimos reduzir suavemente os coxins adiposos superficiais da face que estão em excesso e que não farão falta com substâncias específicas e em pontos bem específicos. E ainda incluir substâncias para firmar o tecido e modelar o rosto em conjunto”, explica Bianca.

EQUILÍBRIO

Ou seja, segundo a biomédica, o Planejamento de Harmonização Facial leva em consideração a lógica de que é preciso subtrair o que está em excesso e depois preencher onde precise de destaque ou correção.

“Pensando e agindo de forma mais integrada conseguimos esculpir um rosto de forma mais leve, literalmente. Mas é importante destacar que equilibrar este procedimento estético a outros procedimentos corporais coadjuvantes, além de dieta e atividade física garantem saúde e bem estar em dias”, alerta Ferrão.

“Em nossa clínica utilizamos substâncias de alta performance com mesclas de acordo com cada caso, inclusive além de ativos para romper/lisar as células de gordura, incluo substâncias para firmar o tecido e modelar o rosto. Os resultados, geralmente, são sentidos em pouquíssimas sessões”, diz.

 

FOTO

 

Dra. Bianca Ferrão

SAIBA MAIS

O QUE É: HARMONIZAÇÃO / EMAGRECIMENTO FACIAL

PROFISSIONAL: DRA BIANCA FERRÃO

Biomédica Esteta, especialista e pós-graduada em Estética Avançada.

REGISTRO PROFISSIONAL: CRBM 2a região 8786

ONDE: ATENDIMENTO EM FORTALEZA (CE) e SÃO PAULO (SP).

CONTATO: +55 (85) 98904-3805

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Author

Share