Mikaili Sol é campeã no GKA Freestyle Kite World Cup Colombia

Author

Categories

Share

                  Mikaili Sol é campeã no GKA Freestyle Kite World Cup Colombia

FOTO: DIVULGAÇÃO

Após quatro baterias e com manobras diversificadas, Mikaili Sol conquistou novamente o pódio na Colômbia (Foto: Andre Magarao – GKA Press @andre_magarao)

Mikaili Sol, atleta de kitesurf Freestyle e hexacampeã mundial ininterrupta, conquistou a segunda rodada do circuito mundial de kitesurf da GKA (Global Kitesurf Association) disputado em Salinas del Rey, na costa Atlântica da Colômbia. Nos heats finais, a atleta cearense/americana de 18 anos fez um total de 23.90 pontos, distanciando-se por dois pontos da espanhola Cláudia León, vice-campeã do certame e, com maior margem ainda, da sueca Nathalie Lambrecht, a terceira colocada. Não houve nesta segunda rodada do circuito numerosas manobras “nota 10”, segundo os atletas, devido às condições do vento e do clima geral, o que também favoreceu um bom número de “crashes” ou quedas irregulares dos atletas nas águas.

Assim mesmo, com o triunfo, MiIkaili Sol, conhecida como Mika, volta a atingir o topo do ranking mundial de Freestyle da GKA e se prepara para a próxima rodada, que será disputada em Dunkerque, na França, entre os dias 16 e 20 de agosto. Na ocasião, Mikaili Sol também competirá na modalidade “Big Air”, na qual os competidores executam pulos altíssimos, além da categoria “estilo-livre”, para a qual ela busca seu sétimo título consecutivo em 2023.

Para a jovem atleta Mikaili Sol, o primeiro lugar no circuito da Colômbia tem um significado especial. “Estou muito feliz com essa conquista após o segundo lugar no Qatar. Aqui, as condições foram difíceis, mas consegui ter a melhor performance”. Em relação às próximas competições, a hexacampeã mundial no estilo Freestyle destacou que continuará treinando intensamente. “Aqui em Salinas del Rey foi difícil e desafiador, diferente de outros lugares que já competi. Foi uma experiência muito legal e estou feliz com o meu resultado”, destacou Mika.

Assim, a hexacampeã mundial no estilo Freestyle, conquistou mais um título na carreira competindo contra outras sete atletas de 5 países. Já para os homens, na costa caribenha de Salinas del Rey neste 04 de março, o pódio também foi brasileiro: o cearense Carlos Mário, conhecido como “Bebê”, sagrou-se campeão da rodada com um total de 31.23 pontos, deixando o suíço Maxime Chabloz no segundo lugar e o italiano (e atual campeão mundial) Gianmaria Coccoluto no terceiro. O piauiense Manoel “Piçarrinha” Soares ficou em quarto lugar.

SOBRE MIKAILI SOL

Para Mika, os dois primeiros títulos mundiais conquistados foram fundamentais na sua vida. “O primeiro provou para mim mesma que eu poderia e o segundo mostrou que eu poderia fazê-lo novamente. Eles foram realmente especiais”, comemora, ao mesmo tempo que explica que é grata por todo o apoio e incentivo, principalmente dos seus pais e patrocinadores, que lhe rendeu seis títulos mundiais até aqui. “Aos 10 anos já estava competindo no mundial de juniores e fui campeã mundial. Aos 13, entrei no Circuito Mundial Profissional. Desde então, ganhei todos os mundiais até hoje”, relata.

Sobre sua infância e a influência no esporte, Mika conta que ganhou seu primeiro cavalo aos três anos e antes mesmo de completar quatro já sabia galopar. Participou do primeiro rodeio aos oito anos. Suas outras paixões, desde cedo, são andar de bicicleta e de moto nas dunas das praias cearenses. Ou seja, aventura e adrenalina estão no seu sangue. A paixão pelo kitesurf veio de dentro de casa, pois seus pais praticavam o esporte, mas só permitiram que ela começasse a treinar aos oito anos. Com esse ritmo e muitas viagens, principalmente internacionais, ela foi educada em casa até 2017 e depois passou a frequentar a Escola Secundária World Class Kiteboarding Academy (um grupo de alunos e professores de diversos países com a mesma paixão pelo mar e pelos esportes).

Com a agenda de viagens cada vez mais extensa, por conta das competições fora do Brasil, em 2019 Mikaili Sol decidiu terminar o Ensino Médio online. “Meus pais sempre defenderam que a educação é fundamental e que é preciso terminar aquilo que se começa. Com essa base, encontrei o equilíbrio entre a competição, os treinamentos rigorosos e a sorte de viajar o mundo e conhecer técnicos, atletas e pessoas que agregam na minha vida”, destaca a jovem atleta. Mesmo tendo a oportunidade de conhecer incontáveis países, ela expressa o desejo de sempre voltar para o seu porto seguro, Taíba, que vem atraindo, cada vez mais, atletas do mundo todo pelas excelentes condições do vento para a prática do kitesurf.

Mikaili Sol é a única hexacampeã mundial ininterrupta de Freestyle da Global Kitesurf Association (GKA) e, em 2023, disputa o hexacampeonato nesta modalidade, além de participar também da espetacular modalidade “Big Air”, a partir de abril.

Serviço:
GKA Freestyle Kite World Cup Colombia 2023.
Salinas del Rey, costa Atlântica.

Resultados:

MULHERES
1 – Mikaili “Mika”Sol (USA)
2 – Cláudia Leon (ESPANHA)
3 – Nathalie Lambrecht (SUÉCIA)

HOMENS

1 – Carlos “Bebê” Mário (BRASIL)
2 – Maxime Chabloz (SUÍÇA)
3 – Gianmaria Coccoluto (ITÁLIA)

Author

Share