Oftalmologista explica consequências do hábito de fumar para a saúde ocular

Author

Categories

Share

                   

       Oftalmologista explica consequências do hábito de fumar para a saúde ocular

 

    Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta o tabagismo como a principal causa de morte evitável em todo o mundo

 

É de conhecimento geral que o hábito de fumar acarreta inúmeros problemas de saúde. Para se ter ideia do quão prejudicial o tabagismo é, vale ressaltar um dado da Organização Mundial da Saúde (OMS) que aponta a dependência do consumo de nicotina como a principal causa de morte evitável em todo o mundo. De acordo com o estudo, o tabagismo é responsável por 63% dos óbitos relacionados às doenças crônicas não transmissíveis e por 85% das mortes por doença pulmonar crônica. Além disso, é causador de 30% dos diversos tipos de câncer, por 25% da doença coronariana e por 25% das doenças cerebrovasculares. Contudo, o que nem todo mundo sabe é da relação do tabagismo com doenças oculares, como a degeneração macular relacionada à idade (DMRI).

FOTO: DIVULGAÇÃO

“Os olhos, assim como vários outros órgãos do corpo, são diretamente afetados pelas inúmeras substâncias contidas no cigarro. O fumo está associado a um fator de risco para oftalmopatia de graves, catarata e, principalmente, degeneração macular relacionada à idade”, explica Alexis Galeno, médico oftalmologista da Clínica de Olhos Massilon Vasconcelos. O especialista aponta que, devido às alterações causadas no filme lacrimal, pacientes fumantes têm mais facilidade a sofrerem com a síndrome do olho seco. A alteração diminui a qualidade da lágrima, que, por sua vez, provoca a sensação de ressecamento nos olhos.

 

Conforme enfatiza o oftalmologista, outra doença que é comprovadamente agravada pelo hábito de fumar é a degeneração macular relacionada à idade (DMRI). “Ela afeta uma parte da retina chamada mácula e leva à perda progressiva da visão central. A doença, mais frequente em idosos, é a causa mais comum de perda irreversível da visão central em pessoas da terceira idade”, pontua. Alexis reforça, ainda, a necessidade de consultas oftalmológicas anuais para manter a saúde ocular em dia. “Essa é a melhor forma de descobrir doenças de forma precoce e, assim, aumentar as chances de cura. Os exames oculares também ajudam a descobrir problemas de saúde em outras partes do corpo, como diabetes e até alguns tipos de câncer”, finaliza.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Author

Share