[ÚLTIMOS DIAS] Unifor está com inscrições abertas para Mestrado e Doutorado em Informática Aplicada

Author

Categories

Share

[ÚLTIMOS DIAS] Unifor está com inscrições abertas para Mestrado e Doutorado em Informática Aplicada

O Programa oferece bolsas em projetos de pesquisa para os primeiros colocados na seleção

                                             FOTO: DIVULGAÇÃO

A Universidade de Fortaleza recebe até 28 de fevereiro de 2023 as inscrições para a seleção dos cursos de Mestrado e Doutorado em Informática Aplicada. Para o doutorado, podem se candidatar mestres em Computação, Matemática, Física, Engenharias e afins. Para o mestrado, os candidatos precisam ter graduação nas áreas citadas. O início das aulas está previsto para 13 de março.

O programa oferece seis linhas de pesquisa: Computação Aplicada; Sistemas Inteligentes; Visualização e Interação; Redes e Sistemas Distribuídos, Engenharia de Software e – a mais recente – Ciência de Dados e Inteligência Artificial. Esta última, com foco totalmente voltado para problemas de mercado, atendendo a uma demanda crescente de profissionais que desejam tomar decisões baseadas em dados, nas empresas de todos os setores.

A linha de pesquisa sobre Ciência de Dados e Inteligência Artificial é um dos destaques do Programa, que integra a expertise dos pesquisadores da Unifor junto a projetos desenvolvidos no Parque Tecnológico da Unifor (TEC Unifor). A pesquisa visa investigar técnicas, modelos, métodos e ferramentas para coleta, exploração, modelagem, integração e análise de dados para aplicações em negócios, além dos desafios relacionados a aplicações em inteligência artificial, como inferência e previsão.

Oportunidade de bolsas

Vládia Pinheiro, coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Informática Aplicada (PPGIA), explica que, durante os cursos, os estudantes têm a oportunidade de participar de diversos projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação com várias empresas, inclusive do Parque Tecnológico da Unifor, além de estabelecerem parcerias nacionais e internacionais. “Diversos egressos do PPGIA estão continuando seus estudos no exterior, fruto de parcerias acadêmicas com os docentes da Unifor”, complementa.

O PPGIA tem atualmente disponibilidade de bolsas para participação em projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação, conduzidas pelos professores. “O aluno precisa ter disponibilidade de tempo para participar dos projetos, mas não é exigido tempo de dedicação integral”, informa Vládia.

Impactos na vida profissional

Com mais de 20 anos no desenvolvimento de pesquisa científica em Ciências da Computação, o Programa de Pós-Graduação em Informática Aplicada (PPGIA) tem como diferencial o desenvolvimento de pesquisas aplicadas, atendendo a demandas do mercado e buscando o embasamento científico e tecnológico.

“A formação dos mestres e doutores em Informática Aplicada é pautada na inserção dos alunos em projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação desde o primeiro ano, possibilitando a divulgação desses conteúdos em publicações de alto impacto científico, além da aplicação imediata do conhecimento adquirido nas disciplinas. Esses fatores favorecem a empregabilidade e a ascensão profissional”, destaca Vládia Pinheiro, coordenadora do PPGIA.

Caio Ponte foi estagiário do Laboratório de Engenharia do Conhecimento (LEC) durante a graduação. Apesar de ser favorável à ideia de trabalhar com pesquisa, acreditava que no LEC trabalharia com poucos temas e assuntos excessivamente teóricos e distantes da realidade. “Essa visão foi desfeita, trabalhei com diversos assuntos, resolvendo problemas reais do setor público e privado”, diz.

A nova percepção o impulsionou a dar continuidade à carreira acadêmica, tanto que concluiu o mestrado e atualmente é aluno do doutorado. Hoje, atua como professor do curso de Ciências da Computação da Unifor, além de ser pesquisador na área de Inteligência Artificial e Ciências de Dados nos laboratórios do LEC e do Laboratório de Ciência de Dados e Inteligência Artificial (LCDIA).

“Vejo que dá para trilhar vários caminhos com os cursos de pós-graduação do PPGIA, tanto acadêmicos quantos voltados para o mercado, mas que demandam conhecimentos que estão na fronteira da pesquisa”, analisa.

Para Fernando Siqueira, a experiência como doutorando está lhe proporcionando um novo olhar para a área de inteligência artificial e ciências de dados. “O PPGIA oferece um curso com muita profundidade e qualidade na área, excelente equilíbrio entre conteúdo teórico e prático aplicável no mercado, além de dispor de um corpo docente comprometido e de alto nível”, avalia.

Ele conta que tem sido um período de crescimento e aprendizado, e enfatiza a transformação pela qual está passando profissionalmente. “Não há dúvidas de que essa qualificação me permitirá atuar com mais propriedade em meus projetos profissionais e também nas minhas pesquisas de interesse particular”, conclui Siqueira.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Please enter your comment!
Please enter your name here

Author

Share